Terroristas que mataram jovem soldado religioso foram presos pela IDF

Apenas dois dias após o atentado hediondo onde terroristas judiaram, espancaram e esfaquearam um jovem religioso que havia se recrutado nas Forças de Defesa de Israel, a IDF botou as mãos nas bestas feras.

Dois suspeitos presos pelo envolvimento do assassinato do soldado Dvir Shurek, foram presos depois da inteligência e atividades operacionais do Shin Bet.

Os detidos são Nasir Saleh Khalil Asafra, 24 ativistas do Hamas e Kassem ‘Araf Khalil Asafra, 30 anos.

Segundo relatos, eles foram presos por uma força especial do Shin Bet, e da IDF, em uma casa em Kfar Beit Kahal.

Benjamin Netanyahu: “Louvores a ação das Forças de Defesa de Israel”

Avigdor Lieberman: “Somente a Pena de Morte é a resposta correta aos terroristas.”