Turista da França Levantou Bandeira de Israel no Monte do Templo e Foi Preso

Curso Herança Judaica do Novo Testamento

Hoje pela manhã, 04 de Agosto de 2015, por volta das 09:00 hs da manhã logo após a abertura do Monte do Templo para visitações, um turista francês, não judeu, tirou de sua bolsa uma bandeira de Israel e a balançou não muito distante dos segurança do Waqf, a autoridade religiosa jordaniana responsável pelo Monte do Templo.

Obviamente o resultado não poderia ser diferente, muita confusão, os segurança árabes pularam em cima dele junto com outros árabes afim de agredi-lo e logo depois deles chegaram os policias de Israel afim de separar os dois lados.

A Polícia de Israel prendeu o turista francês por provocação e os levaram para investigações, além dele, os seis seguranças árabes do Monte do Templo envolvidos no caso também foram presos e levados para investigações.

O Estado de Israel permite os árabes controlarem a visitações e a organização do Monte do Templo por causa das mesquitas alí, permite também a turistas tanto judeus quando não judeus de visitarem diariamente o local, mas atos como o de erguer uma bandeira é considerado provocação, principalmente pela sensibilidade muçulmana ao local.

Na semana passada, durante o marco do Tesha be'Av, o dia da destruição do Templo, um grupo de árabes foram presos por atirarem pedras contra os judeus no local.

Infelizmente a população árabe em Jerusalém ainda não aprendeu que a verdadeira autoridade do Monte do Templo é o Governo de Israel e não o Waqf jordaniano.

Enquanto esta corja não for expulsa de vez de Jerusalém, não haverá paz para os que verdadeiramente a amam.