Um dia sem vôos , carros nas estradas e trens em Israel

Um dia sem vôos e carros  – Amanhã, ao por-do-sol se iniciará o dia mais solene do judaísmo ortodoxo, o Yom Kippur, isto é o Dia do Perdão ou Dia da Expiação de Pecados.

Neste dia que é seguido basicamente de orações e jejuns, praticamente nenhum veículo motorizado circula nos vilarejos e cidades judaicas do país, somente crianças se espalham com bicicletas como se fosse um longo dia de lazer, pois eles não jejuam.

No Aeroporto Ben Gurion, todos os vôos estarão paralisados por 24 horas, o que é um fenômeno, pois ele é um dos mais movimentados do Mundo, até bem pouco tempo o único aeroporto internacional, mais de 4 milhões de passageiros passam por ele, amanhã estará completamente vazio.

O tráfego aéreo no Aeroporto Ben-Gurion fechará amanhã às 13:55 e ficará fechado por todo o Yom Kippur. No final do feriado, o primeiro avião aterrissará às 21h30 e o primeiro avião decolará às 23h30. Hoje, espera-se que mais de 90.000 passageiros passem pelo Aeroporto Internacional Ben Gurion em 543 voos internacionais e, amanhã, passarão mais de 50.000 passageiros em 314 voos, sendo os destinos preferidos em setembro a Grécia, a Ucrânia, a Itália e a Rússia.

Chegam ao país vôos de toda parte do Mundo com turistas de quase todas as nações, exceto de países muçulmanos que não tem relações diplomáticas com o Estado de Israel.