Vítima de atentado que estava em coma morreu, pai de 31 anos deixou esposa e filhos

Vítima de atentado – Yotam Ovadia do vilarejo de Adam, com 31 anos de idade, acabou falecendo após o esfaqueamento em Adam(Geva Binyamin) que ocorreu ontem à noite. Seu sepultamento será hoje às 13:00 no cemitério de Givat Shaul em Jerusalém. Ovadia era casado e pai de dois filhos pequenos.

O Presidente de Israel em viagem na Croátia declarou aos meios de imprensa durante a manhã:

“Esta manhã, enviamos pessoas para confortar para a família de Yotam Ovadia, que perderam-no no ataque chocante e horrível na noite passada, aquele que era de mais precioso.

Nossas orações são também para a recuperação dos feridos e dos habitantes do vilarejo como um todo. Todos aqueles que procuraram o nosso mal sabem que não permitiremos que o terrorismo levante a cabeça. Vamos buscar, obter e acertar contas com todos os criminosos. Fortalecemos a IDF e seus comandantes e todos os envolvidos no trabalho de segurança, mesmo nesta hora difícil”.

O ministro da Defesa Avigdor Lieberman escreveu em sua conta no Twitter: “A melhor resposta ao terrorismo é expandir o nosso estabelecimento na Judéia e Samaria, e por isso que eu instruído esta manhã as autoridades para avançar com um plano para construir mais 400 unidades habitacionais no assentamento de Adam e aprovar os órgãos de planejamento nas próximas semanas.”

O rapaz que abateu o terroristas declarou a imprensa, naquele momento entendi que “Era EU ou ELE”, então atirei.

As Forças de Defesa de Israel estão fazendo buscas na região na tentativa de saber se mais alguém tomou parte no atentado além no jovem terrorista de apenas 17 anos.

O terrorista árabe de 17 anos, Muhammad Tareq Yusuf, se infiltrou na comunidade de Adam e esfaqueou 3 israelenses, matando um deles.

Infelizmente, jovens palestinos se aventuram ao terrorismo por causa de promessas financeiras para a família e um paraíso com 70 virgens prometido no Al-Corão.