Líder, você é Apostata? Cuidado, não se apresse em dizer que não…

Nas duas últimas décadas no Brasil têm ocorrido um grande fenômeno, com crescimento da Igreja, aquela que deveria ser chamada de O Corpo de Cristo, ou a Noiva, tem crescido também um grande número de heresias e apostasias. Líder ou liderado, você é Apostata? Não se apresse em dizer que não, analise bem o texto a seguir, em sua Bíblia, seja sincero com si mesmo e tome sua decisão, antes que seja tarde demais.

Então se aproximou dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-o, e fazendo-lhe um pedido.
E ele diz-lhe: Que queres? Ela respondeu: Dize que estes meus dois filhos se assentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu reino.
Jesus, porém, respondendo, disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu hei de beber, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado? Dizem-lhe eles: Podemos.
E diz-lhes ele: Na verdade bebereis o meu cálice e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado, mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não me pertence dá-lo, mas é para aqueles para quem meu Pai o tem preparado.
E, quando os dez ouviram isto, indignaram-se contra os dois irmãos.
Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles.
Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;
E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo;
Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.

Mateus 20:20-28

Muitos lendo este texto podem alegar que por terem títulos de Bispos, Pastores, Apóstolos, Patriarcas e etc não necessariamente seriam apóstatas, mas meu desejo é ir um pouco mais a fundo do que normalmente fazemos na reflexão deste texto.

Ora, vejamos, uma das primeiras alegações é de que foi a igreja quem o ordenou, portanto está livre deste problema, outros alegarão que foi o próprio Deus quem os chamou assim. Então vamos analisar com um pouco mais de cuidado o texto e o contexto.

  1. Os filhos de Zebedeu não alegaram sozinhos terem o direito de se assentar ao lado de Yeshua, eles vieram com uma autoridade bíblica direta, sua mãe
  2. Jesus não negou, mas colocou diante deles o preço a ser pago, e era muito mais alto do que eles imaginavam
  3. Eles demonstraram soberba ao imaginarem que poderiam pagar o mesmo preço de Yeshua, ninguém poderia pagar o mesmo preço visto que somente Yeshua é Divino, portanto, somente ele seria capaz de deixar sua glória para conviver com os homens e pagar o preço máximo da humilhação e morte como escravo.
  4. Desejando o ministério e mistério, eles foram comparados ao gentios, neste caso, ímpio. Ou seja, aceitando sermos aquilo que achamos ser digno e justo sem ser realmente um chamado divino, tornamos a graça de Yeshua em maldição, pois os gentios(ímpios) estavam destinados ao inferno.
  5. Yeshua exorta a não dominarmos, não sermos os primeiros, não sermos servidos, não sermos “a autoridade”
  6. Yeshua exalta e exorta-nos a sermos como Ele, para servir e não para ser servidos, “darmos nossa vida em resgate de muitos”.

Agora pense, se você ou seu pastor não aceita ser chamado somente pelo nome pessoal, se ele só ouve com o título de pastor, bispo, apóstolo é usado antes do nome pessoal, algo está muito errado nisso. Creio ainda mais que se ele até aceita mas você acha que deve chama-lo assim “em respeito” a ele, então eu quero dizer a você uma coisa muito séria, líder ou liderado, você está em apuros.

Veja a seguir a outra advertência feita pelo próprio Yeshua a seus discípulos:

Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos.
E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.
Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo.
O maior dentre vós será vosso servo.
E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Mateus 23:8-12

Agora vejamos, se você chama “fulano” de apóstolo, mestre, pastor, patriarca e etc…, então você está obedecendo-o, mas ao mesmo tempo está desobedecendo ao verdadeiro Mestre, Yeshua, pois ele mesmo nos adverte, “a ninguém chameis”…. “todos vós sois irmãos”… o que aprendemos aqui não é necessariamente que chamar de pai ou mestre é pecado, na realidade não devemos chamar de mais nada além de irmãos ou pelo nome próprio da pessoa, o princípio é o princípio da igualdade, todos, perante ELE, somos iguais.

Qual é o problema real da nomenclatura exagerada que temos hoje? Creio sinceramente que o problema é que quando as pessoas agem desta forma elas ao invés de exaltar aquele que nos redimiu dos pecados, exaltam aqueles que fazem uso daquilo que recebemos gratuitamente para seu benefício e exaltação pessoal, isto se chama, APOSTASIA. Mude seu hábito, não aceite títulos, não chame pessoas pelo título, o máximo que podemos chamar, segundo as palavras do próprio messias é irmão “fulano”. Desta forma será mais difícil para estas pessoas também usufruírem de seus títulos para seu benefício próprio, para pedir ofertas exacerbadas, comercializar atos de fé com promessas vãs. Se você é líder e não quer abrir mão de seu título, penso eu que você deve re-avaliar a sua fé, talvez o que você seja é um religioso, mas não um discípulo de Yeshua, ou um profissional da fé, mas não um irmão.

O tempo está próximo, fuja da APOSTASIA DOS ÚLTIMOS DIAS enquanto é tempo!

Desde Sião, Miguel Nicolaevsky

Os comentários estão encerrado.