Aeroporto Internacional Ramon no deserto próximo a Eilat voltou a funcionar

O Aeroporto de Ramon voltará às operações internacionais no dia 10 de dezembro, após ficar fechado para voos internacionais por quase dois anos. Mesmo depois da abertura dos céus e da abertura do Estado de Israel aos turistas, os voos internacionais não foram renovados, uma vez que não foi instalado no porto um sistema de teste de corona, conforme foi publicado pela primeira vez no “Israel Today”.

Além disso, não foram firmados acordos com companhias aéreas estrangeiras e não foram feitos preparativos para a operação de voos internacionais.

Até o momento, nenhuma empresa prometeu retomar os voos para o aeroporto, mas espera-se que um empreendimento ocorra em breve, diante do anúncio do retorno do porto às operações internacionais.

Estima-se que a retomada das atividades terá lugar na primeira fase principalmente com os países escandinavos, Rússia e ex-União Soviética, onde o clima é particularmente frio e por isso Eilat é considerada um destino popular durante os meses de inverno.

O ministro do Turismo, Yoel Rezbozov, visitou Moscou na semana passada para tentar promover a renovação do turismo da Rússia para Israel. Ainda não se sabe o que foi acordado entre as partes, mas existe um desejo mútuo de retomar a atividade turística. Neste contexto, nos próximos dias Israel começará a autorizar a entrada no país de vacinados com a vacina russa “Sputnik”.