Desligamento de emergência no reator nuclear de Bushehr no Irã

Quem brinca com pode pode acabar se queimando. Esta não é a primeira complicação iraniana em seu programa nuclear, um acidente na região poderá por Teerã inteira em risco, e com ela milhares de pessoas. “O reator nuclear de Bushehr foi temporariamente fechado devido a trabalhos de manutenção”, noticiou a televisão iraniana hoje (domingo). Segundo a rede Al-Jazeera, foi uma paralisação de emergência da usina nuclear.

De acordo com uma fonte iraniana citada pela agência de notícias Reuters, o reator está desligado desde ontem após “trabalhos de manutenção que durarão vários dias”.

Uma fonte da empresa de eletricidade iraniana disse que a paralisação pode levar de quatro a cinco dias. Ele disse que o desligamento pode levar a quedas de energia, mas não forneceu mais detalhes.

Um jornalista iraniano próximo ao regime afirmou que não houve ataque a Bushehr, e o que aconteceu foi o descomissionamento da instalação devido ao conserto de vários “problemas técnicos” que ocorreram desde quinta ou sexta-feira. Deve-se notar que esta é a primeira vez, desde a construção da usina nuclear com ajuda da Rússia em 2011, que Teerã realiza uma paralisação de emergência em Bushehr.

Fonte: YnetNews, IsraelHayom, Reuters

1 comentário em “Desligamento de emergência no reator nuclear de Bushehr no Irã”

  1. É-nos muito estranho que,de repente,uma série de incidentes,acidentes e problemas em setores estratégicos estejam ocorrendo no Irã em poucas semanas.
    A hipótese de sabotagens não pode ser descartada.E o principal suspeito é Israel.
    “Israel fará proezas”(Nm 24.18c).

Os comentários estão encerrado.