Dezenas de judeus Ultra-Ortodoxos foram presos por falsificar resultado de exames de COVID-19

Após a publicação no site YnetNews, que revelou uma porcentagem particularmente alta de contaminados verificados em Uman na Ucrânia, 13 estudantes que aparentemente forjaram um teste de corona foram pegos em um voo de Kiev, na Ucrânia, para Israel.

Funcionários do Aeroporto Ben Gurion alertam a polícia e o público sobre dezenas de exames positivos para corona verificados.

As mesmas fontes disseram ao site YnetNews que haviam mais de 40 passageiros que forjaram os testes, que seriam evacuados para suas casas por ambulâncias – e não para isolamento em hotéis. Quem vem com estes foras da lei da Ucrânia em um vôo lotado, tem grande possibilidade de se contaminar também.

1 comentário em “Dezenas de judeus Ultra-Ortodoxos foram presos por falsificar resultado de exames de COVID-19”

Os comentários estão encerrado.