Doutrina satânica: Palestinos comemoram atentado

Horas após o ataque em Jerusalém, centenas de palestinos estiveram participando em uma manifestação em apoio ao terrorista organizado pelo Hamas em Shuafat, ao norte de Jerusalém.

Horas depois do tiroteio em que Eliyahu Kay foi morto na Cidade Velha, centenas de palestinos participaram de uma passeata e procissão organizada pelo Hamas no campo de refugiados de Shuafat em Jerusalém Oriental. A procissão segue pela rua principal do acampamento em direção à casa de Fadi Abu Shahidam, o terrorista que executou o ataque. No comício, foram ouvidos gritos de alegria pela ala militar do Hamas.

A doutrina satânica do ódio e anti-semitismo palestino é um câncer que alimenta a violência na região. O Estado de Israel jamais dará aos palestinos um estado enquanto o culto a violência e a morte continuar.