Egito comprou 30 caças Rafale de fabricação francesa

Em Israel não há nenhuma preocupação com a operação que visa dar apoio no combate ao terrorismo do ISIS no território do Egito. No passado, o Egito tinha mais de 200 aeronaves MIG que eram colocadas contra Israel, hoje Israel tem mais de 300 aeronaves. O balanço militar é muito maior em relação ao Estado de Israel e a preocupação com o Egito não existem mais após décadas do acordo de paz.

Nos últimos anos, o Egito e Israel tem gozado de excelentes relações diplomáticas após a subida do poder de A-Sisi, e a cooperação no combate ao terrorismo na península do Sinai tem ocorrido quase que diariamente.

A França fornecerá ao Egito 30 caças Dassault Rafale fabricados pela companhia aérea francesa Dassault. O valor do negócio é estimado em US $ 4,5 bilhões. O Ministério da Defesa egípcio anunciou que o negócio será financiado por meio de um empréstimo que o Estado pagará por pelo menos dez anos. Em dezembro, o presidente francês Emmanuel Macron disse que não permitiria a venda de armas ao Egito para proteger os direitos humanos de sua parte – porque não queria enfraquecer a capacidade do Egito de combater o terrorismo em seu território.

Deixe um comentário

dezesseis + 5 =