Greve geral de prefeituras contra o custo de vida em Israel

Não somente a reforma judicial está causando desconforto ao novo governo de Benjamin Netanyahu, a economia também. A liderança dos municípios em Israel está programando uma greve sem precedentes na história do país. Uma greve geral na próxima quinta-feira, paralisando todos os serviços municipais, em todo pais, de norte a sul.

Biebs na conferência “Pessoas do Estado”: “É hora de trazer Smotrich de volta ao chão”
O Presidente do Centro de Governo Local e Prefeito de Modi’in Haim Bibas comentou na conferência “Povo do Estado” de Ynet e “Yediot Ahronoth” as críticas do Ministro das Finanças Bezalel Smotrich à greve que acontecerá na quinta-feira, e disse : “Se o ministro disser que a greve é ​​ilusória, ele está completamente desconectado.

É hora de trazê-lo de volta ao chão. Falta um adulto responsável no Tesouro que entenda que os problemas precisam ser resolvidos.” Haim Bibas acrescentou que “apela ao primeiro-ministro para assumir a responsabilidade. O custo de vida traz colapso. Você não pode dizer aos cidadãos: ‘Há coisas mais importantes, espere’, você tem que administrar tudo ao mesmo tempo.”