Hamas ameaça entrar em conflito apoiando a JIHAD e Netanyahu apoia Lapid

Até agora a organização terrorista do Hamas estava de lado no conflito entre a IDF e a JIHAD Islâmica Palestina, mas não demorou para sua liderança começar a se manifestar a favor do grupo terrorista rival. Quanto mais tempo passa e mais o número de mortos do lado palestino aumenta, enquanto no número de mortos israelenses é zero, mas corre o risco de uma escalada da violência aumentar.

Mais cedo as Forças de Defesa de Israel declararam que conseguiram exterminar a maior parte da cúpula de liderança da JIHAD Islâmica Palestina. Ao mesmo tempo, a polícia informou que mais de 2000 judeus conseguiram subir ao Monte do Templo marcando o dia da destruição a cerca 2000 anos atrás.

Hamas: “Todas as arenas devem abrir fogo contra o inimigo”

O porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, referiu-se aos combates na Faixa de Gaza, dizendo que “a resistência – com todas as suas armas militares – está unida nesta campanha e dirá suas palavras com todas as suas forças”. Barhoum ameaçou que “não vamos concordar com a continuação da situação atual como está. Vamos proteger nosso povo na Faixa de Gaza, vamos perseguir Israel e derrotá-lo – como foi o caso em todos os sistemas e em todas as arenas. Todos arenas devem abrir fogo contra o inimigo e os colonos.”

O Ex-Primeiro Ministro de Israel, Banjamin Netanyahu chegou para atualização de segurança no escritório do atual Primeiro Ministro, Yair Lapid dizendo: “Dou apoio total, dei alguns conselhos”

O líder da oposição, Binyamin Netanyahu, referiu-se à reunião de atualização de segurança realizada entre ele e o primeiro-ministro Yair Lapid, dizendo em comunicado à mídia que “dá total apoio ao governo, às Forças de Defesa de Israel e às forças de segurança”. recebeu uma atualização detalhada, escutei atentamente e dei alguns conselhos da minha experiência – não apenas sobre a continuação – mas também sobre diferentes áreas. Ele acrescentou: “Fortaleço os moradores do sul por sua posição firme e peço que continuem observando as diretrizes do Comando da Frente Interna que salvam vidas”.

Netanyahu também acrescentou: “Recebi uma atualização detalhada, estamos no meio da luta, é claro que dou total apoio ao governo, às FDI e às forças de segurança e fortaleço os moradores do sul em sua posição firme”.