Hamas enviou 4 drones terroristas contra Israel e fracassou, 750 alvos foram destruídos

Na operação Guardas da Muralha, as Forças de Defesa de Israel atacaram cerca de 750 alvos usando 1000 armamentos, com suprimentos de ataque grandes e rápidos das rodadas anteriores. 4 Drones do Hamas foram abatidos, um com um F-16 e outro com uma Cúpula de Ferro – pela primeira vez no mundo. Informação parcial impede o lançamento de lançadores de foguetes de longo alcance.

As Forças de Defesa de Israel atacaram um apartamento operacional de terroristas, demonstrando que está por dentro de cada detalhe do que está ocorrendo na Faixa de Gaza, e as operações militares estão apenas começando. Hamas está pedindo cessar fogo, mas as Forças de Defesa de Israel continuam destruindo pontos estratégicos dos terroristas. As imagens da destruição da residência operacional podem ser vistas no vídeo abaixo.

A Força Aérea resume os primeiros três dias da Operação Guardas da Muralha, com cerca de mil mísseis lançados sobre cerca de 750 alvos diferentes, incluindo 33 alvos de túneis ofensivos, 160 lançadores de foguetes camuflados, quatro arranha-céus destruídos e 60 agentes terroristas exterminados, incluindo altos funcionários do Hamas, que foram eliminados do ar.

Abaixo, mais um dos alvos destruídos pelas Forças de Defesa de Israel, uma base de inteligência e coleta de informações do grupo terrorista do Hamas, no momento da destruição, dezenas de terroristas que estavam no local também foram mortos.

Um terrorista do Hamas foi identificado disparando do prédio abaixo, em questão de segundos, ele e o prédio vieram abaixo, um terrorista a menos na Faixa de Gaza. Hamas não consegue entender como a identificação dos terroristas por parte de Israel é tão rápida e as operações tão precisas, Israel está utilizando drones com inteligência artificial.

Terroristas do Hamas e do Jihad Palestinos Islâmico cujas mortes foram confirmadas em operações das Forças de Defesa de Israel somente esta semana na Operação Guardas da Muralha:

2 comentários em “Hamas enviou 4 drones terroristas contra Israel e fracassou, 750 alvos foram destruídos”

  1. Admiro muito a potência de armamento e a estratégia das Forças de Defesa de Israel. Inteligência é a arma mais importante nesse conflito e Israel há muito tempo mostra que tem. Torço muito para que isso acabe, com mais uma grande vitória de Israel.

Os comentários estão encerrado.