História no mundo árabe, primeira mulher deverá assumir o governo na Tunísia

O presidente da Tunísia, Case Said, nomeou hoje (quarta-feira) uma mulher como primeira-ministra: Najla Boden Ramadan, professora de geofísica, será a primeira mulher a servir como primeira-ministra da Tunísia. A CNN noticiou que Ramadan é a primeira mulher a chefiar um governo de qualquer país do mundo árabe.

Este é um encontro surpreendente de Said. Ramadan, 63, é uma figura bastante anônima e, nos últimos anos, ocupou cargos importantes no Ministério da Educação da Tunísia. O presidente Said a instruiu a formar um governo o mais rápido possível.

O gabinete de Said divulgou a documentação de sua reunião com o novo primeiro-ministro. O presidente tunisiano disse que a nomeação de Ramadan como primeiro-ministro foi um evento “histórico”. Disse disse que “esta é a primeira vez na história da Tunísia que uma mulher lidera o governo. É uma honra para a Tunísia e para a mulher tunisiana”.

Raramente as mulheres alcançam cargos políticos importantes no mundo árabe. A Tunísia, pioneira da “Primavera Árabe” de 2011, é considerada um país mais laico em comparação com seus vizinhos da região. O presidente Said também nomeou uma mulher para chefiar sua equipe – Nadia Akasha é a assessora mais sênior e influente de Said.

Fonte: YnetNews