IDF reforça tropas na Judéia e Samaria após violência árabe

Após a onda de violência provocada pelos próprios palestinos, os mesmos estão pressionando a liga árabe para debater com urgência o assunto da “violência de Israel”.

A Liga Árabe manterá uma discussão emergencial sobre os últimos acontecimentos em Jerusalém, a pedido dos representantes da Palestina, Jordânia e Catar. A discussão ocorrerá no nível dos chanceleres árabes. Mas a verdade é que os árabes não tem nenhum interesse real em achar uma solução para os palestinos, pois o ódio mútuo é maior do que o ódio por Israel.

As IDF estão aumentando suas forças de reforço na área da Judéia e Samaria de 4 para 7 batalhões que foram recuperados do treinamento, incluindo a 890ª Brigada Golani e o 7º Batalhão Blindado, como parte dos preparativos para a semana explosiva. O Chefe do Estado-Maior General Aviv Kochavi disse ao avaliar a situação que “a Divisão da Judéia e Samaria e o Comando Central estão bem preparados e realizam uma ampla gama de operações, graças às quais somos capazes de prevenir ataques terroristas e manter a segurança do Estado de Israel. “

1 comentário em “IDF reforça tropas na Judéia e Samaria após violência árabe”

  1. E que o senhor Deus,o eterno, ponha um fim nessa desavença entre irmãos, todos precisam de um pedaço de Terra,o grande problema é que quem tem quer mais,e nunca sobra nada pros que não tem,se esse povo não se unir logo, vai ser preciso a intervenção divina, esse negócio de árabes Palestina, islã e,etc.. morar em Israel é um barril de pólvora, pois de maneira nenhuma eles se voltarão contra o seu país numa.

Os comentários estão encerrado.