Israel aperta fiscalização no Aeroporto Internacional Ben Gurion

Os inspetores de fronteira da Autoridade de População e Imigração no Aeroporto Internacional Ben Gurion, em cooperação com a Polícia de Israel identificaram 24 passageiros israelenses que tentaram embarcar em um vôo para a Rússia, que é um país de alto risco sem a aprovação do Comitê de Exceções, conforme exigido pelos regulamentos. Eles foram retirados do voo e levados para tratamento posterior pela polícia.

No vôo desta manhã para a Rússia, oito israelenses que tentaram embarcar em um vôo com passaporte estrangeiro foram detidos. Além disso, nos voos que desembarcaram hoje da Rússia, cerca de 40 passageiros chegaram sem a aprovação de um comitê de exceções, violando a ordem e sendo multados em NIS 5.000 cada um deles, algo em torno de 7.500 reais.