Israel assinou acordo com a Jordânia preparando-se para o ano Sabático

Israel e Jordânia assinaram um acordo especial para a importação de produtos agrícolas da Jordânia para Israel no ano do Shemitá (Ano Sabático), a fim de diversificar as fontes de importação para Israel e atender a população conservadora que guarda os mandamentos de Shemitá, bem como para implementar os benefícios estipulados no acordo de comércio entre os dois países.

O acordo foi assinado hoje durante encontro entre o ministro da Agricultura, Oded Forer, e seu homólogo jordaniano no lado jordaniano da ponte Allenby, onde discutiram formas de aprofundar a cooperação entre os dois países no campo da agricultura. A reunião também contou com a presença do Embaixador de Israel na Jordânia, Eitan Sorkis, e do Embaixador da Jordânia em Israel, Rassan al-Majali. As partes também discutiram o tratamento dos incêndios transfronteiriços e o seu impacto nos agricultores de ambos os lados da fronteira.

No judaísmo, um ano sabático é o nome do sétimo ano do ciclo de sete anos. Este ano foi ordenado ao povo de Israel por Adonai afim de guardar o repouso da terra – o descanso começará a partir de uma grande parte dos campos agrícolas em Setembro deste ano de 2021 na Terra de Israel, e segundo a normas judaicas, os frutos da colheita devem ser deixados para quem quiser pegá-los e nada deve ser plantado até a próxima estação de semeadura. Os mandamentos do ano sabático são acompanhados por fundos de apoio e ordenanças públicas.

Fonte: YnetNews