Israelenses detidos na Turquia: O casal Oknin foi libertado da prisão e segue para Israel

O primeiro-ministro Naftali Bennett e o ministro das Relações Exteriores Yair Lapid anunciaram que o casal Mordi e Natalie Oknin, que foi preso na Turquia nove dias atrás depois de fotografar o palácio do presidente Erdogan, foi libertado da custódia e está indo para Israel. Em seu anúncio, Bennett e Lapid agradeceram ao presidente turco Recep Tayyip Erdogan e seu governo pela “cooperação”.

O primeiro-ministro e o ministro das Relações Exteriores também agradeceram à família Oknin por “aderir firmemente à complexa situação e por uma cooperação aberta e calorosa com o Ministério das Relações Exteriores”. O comunicado do Ministério das Relações Exteriores também mencionou o presidente Yitzhak Herzog, que trabalhou para que voltassem para casa