Jordânia: Tentativa de golpe fracassou

As autoridades jordanianas negaram nesta noite (sábado) que prenderam, o príncipe ex-regente Hamza bin Hussein. A negação segue uma reportagem do Washington Post de que o príncipe e cerca de 20 outras pessoas foram presos pelo que os altos funcionários do reino chamam de “ameaça à estabilidade do Estado”.

O Washington Post relatou que uma investigação está em andamento contra o príncipe Hamza por tentar expulsar o rei Abdullah II, que é seu meio-irmão, mas logo depois, como afirmado, Jordan negou veementemente ter sido preso ou colocado em prisão domiciliar.

Paralelamente a isso, a Jordânia confirmou esta noite que havia feito uma série de prisões por “razões de segurança”, mas não entrou em detalhes sobre o motivo exato das prisões.

O governo em Jerusalém diz que a Jordânia informou a Israel que a situação no reino está sob controle e que não há preocupação com sua estabilidade. A mensagem foi transmitida por meio de canais militares, e uma atualização sobre isso foi transmitida ao alto escalão político em Israel.

2 comentários em “Jordânia: Tentativa de golpe fracassou”

Os comentários estão encerrado.