Líbano: Catástrofe persegue Catástrofe

Parece que o governo libanês não aprendeu nadinha com a catástrofe ocorrida no ano passado, onde centenas de pessoas morreram com uma grande explosão no porto de Beirute. Ou será que se trata do resultado do ódio desenfreado contra o Estado de Israel que os cega e portanto não tem se quer tempo para cuidar dos problemas internos? O Líbano está afundado em uma crise econômica e ecológica sem precedentes, o país além de sofrer com o problema da miséria, sobre gravemente com o problema do lixo. Porém, seu maior problema mesmo é o Hezbollah, um grupo terrorista cruel cujo único interesse real é desestabilizar a região, mas principalmente o Líbano.

Um ano após a explosão no porto de Beirute – pelo menos 20 pessoas morreram e 79 ficaram feridas na manhã de domingo na explosão de um tanque de combustível na área de Akar, no norte da terra dos cedros. “Nossa equipe evacuou todas as vítimas para hospitais na área”, disse a Cruz Vermelha Libanesa.

A explosão ocorreu cerca de um dia depois que o exército libanês anunciou que estava lançando uma operação contra postos de gasolina que escondiam seus estoques, embora Beirute tenha optado por não lutar contra o contrabando de combustível do Hezbollah para o regime de Assad na Síria. Na semana passada, houve até um aumento nos incidentes em que tanques de combustível foram sequestrados e hospitais alertaram que eles podem fechar por falta de combustível.

Devido ao grande desastre, cidadãos libaneses foram chamados esta manhã para vir aos hospitais da região para doar sangue. O Ministro da Saúde libanês, Hamed Hassan, pediu a todos os hospitais de Akar, no norte, a Beirute, no sul, para receberem os feridos – e prometeu que o estado financiará seu tratamento.

“Não há diferença entre o massacre em Akar e o massacre no porto”, atacou o ex-primeiro ministro Saad Hariri. “Todos os altos funcionários, incluindo o presidente Michel Aoun, devem assumir a responsabilidade – e renunciar.” Ao mesmo tempo, aquele que lidera o partido de Aoun, a corrente patriótica livre, é seu genro Jubran Basil que disse que “nossos corações estão com as famílias em Akar.”

Fonte: IsraelHayom, YnetNews
Vídeo: Explosão e incêndio em Akkar, Libano – Autor: Hayel-Khazaal-(@HayelKhazaal)-August-15,-2021
Foto Ilustração: Pexels.com