Líbano dá mais um passo para o abismo

O presidente libanês Michel Aoun imporá a tarefa de reunir o novo governo ao político libanês Najib Mikati, disse seu escritório. Isso foi depois que o ex-primeiro ministro, Saad al-Hariri, falhou em sua tentativa de desistir do direito de formar um governo após meses de esforços malsucedidos.

Mikaati conquistou a maioria de 73 apoiadores de 118 deputados. Mikaati, de 65 anos, natural da cidade de Trípoli, no norte, foi primeiro-ministro do Líbano duas vezes – três meses em 2005 e um pouco mais de dois anos e meio de 2011 a 2014.

Mikaati é islamista e conta com o apoio dos extremistas no país, aliado do Irã e do Hezbollah, ele deverá consolidar o caminho do país para o abismo econômico e social através da corrupção tão comum entre os membros do islamismo radical. Mais uma vez, os maiores prejudicados serão obviamente os cidadãos comuns e liberais no Líbano.

1 comentário em “Líbano dá mais um passo para o abismo”

Os comentários estão encerrado.