Merck: A caminho de um remédio contra COVID-19?

O painel de especialistas da FDA recomendou a aprovação do primeiro medicamento do mundo para corona, de fabricação da Merck – sob uma série de advertências

O painel de especialistas da FDA aprovou as cápsulas da gigante farmacêutica Merck contra o vírus corona por uma maioria de 13 defensores contra dez oponentes, e sob uma série de advertências, na ausência de informações suficientes, resultados relativamente moderados de redução em morbidade severa e morte, e risco potencial ao feto e dano ósseo.

O painel não é oficial, sendo assim, FDA não é obrigado a aceitar a recomendação dos especialistas. Mas tudo indica que estamos a um passo da aprovação do primeiro medicamento contra COVID-19, pois até agora, somente vacinas haviam sido aprovadas. Isto poderá levar a uma mudança radical no risco da pandemia como conhecemos hoje.

Capsulas vermelhas semelhantes a Molnupiravir da Merck – Ilustração: PixaBay

Portanto, é a primeira vez que uma empresa de grande porte da área farmacêutica leva um medicamento para ser avaliado por um fórum de especialistas, este é somente o primeiro passo para que o medicamento seja avaliado pelo FDA e levado a uma decisão definitiva posteriormente. A situação atual em que o mundo se encontra é de grande risco, e as vacinas se mostraram eficazes até certo ponto, porém incapazes de agir no tratamento de casos graves e em grupos de risco.