Naftali Bennett: Israel desenvolverá tecnologias verdes

A delegação israelense à conferência do clima em Glasgow desembarcou na noite de ontem (domingo) na Escócia. Ao meio-dia, o primeiro-ministro Naftali Bennett deve discursar na conferência e apresentar as metas de Israel para a redução de emissões, mas também falar sobre a tecnologia israelense que pode ajudar na transição para a energia verde.

“É real. Fazemos parte disso”, disse o primeiro-ministro, referindo-se à crise climática, antes de pousar no aeroporto de Edimburgo. “Pela primeira vez, Israel está levando o assunto a sério e se juntando aos países avançados para lidar com a questão. Estamos nos alinhando com a meta de zero emissões até 2050.”

Bennett disse que pretende transformar Israel de uma nação iniciante em uma nação verde. O plano do Gabinete do Primeiro-Ministro é apelar aos empresários em start-ups para iniciar e investir no desenvolvimento de tecnologias verdes. “50% da meta de emissão zero será alcançada por tecnologias que ainda não foram inventadas”, disse Bennett. Entre outras coisas, a intenção é remover as barreiras burocráticas, que às vezes prejudicam o setor empresarial. No entanto, não há planos reais ainda e, neste ponto, é apenas uma declaração.
Logotipo da marca