Nova onda de terrorismo contra colonos em Israel

O cinismo e a falta de compromisso com a paz na Autoridade Palestina poder[a custar muito caro para os judeus, mas ainda mais caro para a população palestina que depende da economia israelense e de autorizações de trabalho para sobreviverem. Se Abbas não agir, a barriga faminta dos cidadãos palestinos poderá levar a Autoridade Palestina a auto-destruição.

Ataque a tiros em Samaria: Um taxista ficou levemente ferido na manhã de domingo (domingo) por estilhaços após um tiroteio que foi realizado em seu veículo e em um ônibus, na estrada entre o povoado de Itamar e Hetmar Shomron. e o ônibus foram danificados pelo tiroteio. , assumiu a responsabilidade pelo ataque.

Como resultado do tiroteio, o posto de controle de Hawara foi fechado, bem como o posto de controle de Kfar Beit Furik, onde os soldados das IDF entraram a pé para procurar os atiradores. A força das IDF também entrou em Kfar Salem, de onde aparentemente ocorreu o tiroteio. Outro tiro foi disparado contra os combatentes que entraram na aldeia e, em Hawara, os palestinos atiraram pedras em veículos israelenses.

Nos últimos dias estes tipos de ataques tem se tornado mais frequentes. Eles ainda não afetam o turismo pois estão direcionados contra os colonos. Mas se algum atentado grave ocorrer em área turística, a situação poderá agravar a segurança do país, os turistas sumirem e um novo confronto armado surgir. Minha esperança é que alguém do outro lado, tenha interesse em manter a paz e a segurança econômica dos palestinos, mais do que manter seu fanatismo religioso.

Fonte: IsraelHayom, YnetNews – Foto: Miguel Nicolaevsky