Novo Atentado em Jerusalém é sintoma de onda de violência

Ontem por volta da 15:30 hs, ocorreu mais um atentado em Jerusalém, o segundo em menos de uma semana. Este atentado só não acabou mais tragicamente por que duas combatentes da Polícia de Fronteira de Israel estavam exatamente no local do acontecimento.

Um terrorista palestino chegou ao local, puxou uma faca e esfaqueou dois jovens de 25 anos dentro de uma loja de comodidades. As duas combatentes da Polícia de Fronteira de Israel agiram rapidamente e balearam o terrorista que ficou em estado grave.

No incidente ficaram três feridos, os dois jovens israelenses em estado mediano mas fora de perigo e o terrorista em estado grave, também fora de perigo. Os três foram tratados no mesmo hospital, Shaarei Tzedek, em Jerusalém. Nas últimas semanas, incitados a violência pelo Hamas, tem ocorrido vários atentados, e este é um sintoma grave de uma nova onda de violência. Segundo as próprias palavras da Minitra do Interior, Ayelet Shaked, Hamas não sofreu danos o suficiente na última rodada de violência para temer ser novamente retalhado por Israel.

A pergunta que não se cala é quando começará o novo conflito entre Hamas em Gaza e Israel, e quantas baixas de inocentes haverão até os grupos terroristas entenderem que não podem continuar mais. Hamas, Jihad e outros grupos terroristas em Gaza não tem nenhum interesse no bem estar da sociedade árabe que vive no local. Se a população viver bem, eles não vão apelar mais para o terrorismo como forma de renda.

Deixe um comentário

3 × 4 =