O carrasco de Teerã tomou posse da presidência do Irã

O novo presidente iraniano, Ibrahim Raisi, tomou posse hoje (quinta-feira) e apresentou sua doutrina no congresso local. “Apoiaremos qualquer iniciativa diplomática que consiga isso”, disse ele.

Na frente de delegações e representantes internacionais, incluindo da União Europeia (apesar do protesto israelense – DP), Hezbollah (Secretário-Geral Adjunto, Naim Qassem), Hamas (Chefe do Politburo Ismail Haniyeh) e da Jihad Islâmica (Secretário-Geral Ziad Nahala) , o homem que é conhecido como o “carrasco de Teerã” discursou sua doutrina. O sucessor de Hassan Rouhani enfatizou algumas palavras em seu discurso sobre política externa, mas também se referiu ao programa nuclear, que ele afirma ser apenas para uso civil.

No contexto da posse, paira a possibilidade de uma resposta ocidental aos incidentes navais, cuja responsabilidade foi atribuída à República Islâmica. O primeiro incidente ocorreu no final de julho com o ataque ao navio Mercer Street no Golfo de Omã, uma sabotagem que resultou na morte de dois civis por um UAV. Além disso, houve o incidente de sequestro da “Princesa do Asfalto” na última terça-feira.

A cerimônia contou com a presença de todos os escalões superiores da República Islâmica e o governo emergente será um dos mais lembrados por muito tempo. Ele será oficialmente divulgado nos próximos dias e as prioridades deverão se concentrar em questões internas: a crise econômica em função das severas sanções e a crise sanitária em decorrência da peste corona.