O Egito contra Hamas

O Egito está exercendo pressão sobre a organização terrorista Hamas em coordenação com Israel ao fechar a passagem de Rafah, informou o jornal libanês “Al-Akhbar” próximo ao Hezbollah esta manhã (segundo fontes palestinas).

De acordo com o relatório, essa pressão surge quando o Hamas se recusou a reduzir seu limite de solicitação, seja em termos da situação humanitária na Faixa de Gaza ou em termos de um acordo de troca de prisioneiros. Além disso, o Hamas se recusou a interromper as “ações de pressão” antes de implementar o alívio real, incluindo a transferência de dinheiro do Catar.

O Hamas expressou sua oposição à introdução da concessão apenas no próximo mês e exigiu que a distribuição ocorresse já nesta semana. O Hamas disse que a distribuição do dinheiro em setembro definiria uma hora para Israel. De acordo com a reportagem, a demanda provocou indignação entre os egípcios que decidiram fechar a passagem de Rafah ontem.