O nível baixo da política em Israel graças a Naftali Bennett

Após o parlamentar ter prometido formar sua mente um governo de direita, mais uma vez uma virada inesperada na política Israelense. Naftali Bennett, líder do partido Direita, virou casaca, e agora está se aliando a esquerda para derrubar Netanyahu.

Os eleitores dele, de seu partido, e todos os partidos de direita não ficaram conformados com a situação e já saíram às ruas protestando. Entre os muitos cartazes levantados pelos manifestantes, estão expressões como: Traidores, cooperadores com esquerda, e até mesmo colocar uma foto do líder da direita com o turbante de Yasser Arafat.

A última vez em que políticos foram estão ameaçados como estão sendo agora, foi nas vésperas do assassinato do então primeiro-ministro Yitzhak Rabin em 1995.

Naftali Bennett que havia prometido fidelidade à direita antes das eleições, mesmo durante a operação militar em Gaza, simplesmente virou as costas para os eleitores, traindo a direita, para tentar a sorte com o primeiro-ministro que não representa ninguém. Esta será a primeira vez então primeiro-ministro será colocado no poder, tendo apenas as cadeiras de parlamentares do seu partido no Knessert.

Mesmo com a desculpa de que Benjamin Netanyahu é o responsável pelo o impasse na política Israel, aceitar o cargo de primeiro-ministro, apoiado por partidos de esquerda e partidos árabes, não deixa de ser o nível moral mais baixo na política israelense desde a formação do estado de Israel. Caso Bennett e Yair Lapid consigam formar um governo que desejam, será como trocar a primogenitura por um prato de lentilha. Eles podem até mesmo conseguir formar o governo, mas ele está fadado ao fracasso por não ter nenhuma base ideológica que os une.