Operação em Gaza deve durar até quinta-feira pelo menos

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu fez uma avaliação da situação com o ministro da Defesa, o chefe do Estado-Maior, os chefes do GSS e do Mossad e, no final, instruiu “a continuar atacando alvos terroristas”.

Acima, nas últimas horas, caças e aeronaves atacaram cinco quartéis-generais terroristas do Hamas em toda a Faixa de Gaza. As casas atacadas foram utilizadas como infraestrutura terrorista. Entre as casas dos comandantes atacados está a casa de Izz al-Din Haddad, um membro sênior do Estado-Maior Geral da ala militar do Hamas e chefe da Ajuda de Combate a Gaza durante a última rodada.

Após os bombardeios Hamas continuou ameaçando disparar mísseis contra Jerusalém e Tel viv, mas desde ontem pela manhã, nenhum ataque de grandes distâncias foi feito pelos grupos terroristas de Gaza. Das duas uma, ou Israel exterminou os disparadores de longo alcance ou Hamas está tentando ganhar tempo para uma trégua.

De acordo com Netanyahu, “as IDF está indo bem. Da Jihad Islâmica, atingimos a unidade naval do Hamas e continuamos a atacar no meio subterrâneo – o metrô do Hamas, e há outros alvos ”. Ele acrescentou:“ Continuaremos a agir conforme necessário para restaurar a paz e segurança para todos os residentes de Israel. “

De acordo com uma autoridade israelense senior, o cessar-fogo não será alcançado antes da próxima quinta-feira.