Pandemia continua recuando em Israel

A morbidade por causa do coronavírus continua caindo em Israel: uma das enfermarias da corona no Hadassah Ein Kerem foi fechada

No Hospital Hadassah Ein Kerem, uma das enfermarias corona foi fechada, após uma redução significativa no número de pacientes. O hospital continua a ter uma enfermaria corona e duas unidades de terapia intensiva corona, que tratam 30 pacientes.

De acordo com o Ministério da Saúde, foram verificadas 734 pessoas positivas com Corona ontem – e pela primeira vez desde julho o número de apurados era inferior a mil – no dia em que o novo passe verde entrou em vigor.

O número de exames foi relativamente baixo, em parte devido ao sábado, e a taxa positiva ontem foi de 1,6%. O novo passe verde deveria entrar em vigor no início de outubro, mas devido a “limitações técnicas”, a obrigação de introduzi-la e aplicá-la foi rejeitada.

Dados do Ministério da Saúde mostram que 556 pacientes corona estão internados em hospitais de todo o país, 388 deles em estado crítico. 75% dos pacientes graves não são vacinados. 157 pacientes criticamente enfermos são conectados ao ventilador.