Presidente de Israel receberá hoje representantes do parlamento

A indefinição política em Israel continua, quando nenhum dos candidatos conseguiu 61 parlamentares indicando-o para formar o novo governo de coalisão, Netanyahu por enquanto é o que tem mais pessoas indicando, ao todo 52. É importante salientar que para obter maioria no parlamento, é necessário alcançar pelo menos 62 cadeiras, visto que o parlamento é composto por 120 mebros.

Um por um, representantes das facções comparecerão à Câmara dos Representantes nesta manhã e recomendarão seu candidato a primeiro-ministro. O sistema político estima que a pessoa considerada como tendo a melhor chance de formar um governo sob sua liderança é o presidente de direita Naftali Bennett, cujo partido ganhou apenas sete cadeiras nas últimas eleições. S., Judaísmo da Torá, Sionismo religioso e claro – o Likud.

O presidente tem futuro Yair Lapid terá pelo menos 37 recomendadores. Quatro partidos afirmaram que vão recomendar o presidente da oposição, entre eles o Trabalhista, Yisrael Beiteinu, Meretz e Yesh Atid, liderado por Lapid.

Ao contrário das campanhas eleitorais anteriores, a rodada de consultas do presidente Reuven Rivlin pode ser uma surpresa, já que alguns líderes partidários – incluindo a direita, Esperança Nova, Azul e Branco e as listas árabes – não declararam publicamente quem pretendem recomendar ao presidente. Isso é nada menos que 31 possíveis recomendadores.

Fonte: YnetNews – Foto: Israel GPO