Grã-Bretanha vai declarar que Hamas é organização terrorista

Grã-Bretanha vai declarar que o Hamas é organização terrorista. Em Israel e nos Estados Unidos isto sempre foi transparente como água. Finalmente esta verdade está sendo adotada pela liderança européia.

Espera-se que a secretária do Interior da Grã-Bretanha, Priti Sushil Patel, declare o Hamas uma organização terrorista. Isso foi relatado pelo “Guardian” britânico. Após o anúncio, qualquer pessoa que expressar apoio ao Hamas pode pegar até dez anos de prisão. Patel trará a decisão ao Parlamento para aprovação na próxima semana.

Quem é Priti Sushil Patel?

Priti Sushil Patel (nascida em 29 de março de 1972) é uma política britânica que atua como Secretária do Interior desde 2019. Ela serviu anteriormente como Secretária de Estado para o Desenvolvimento Internacional de 2016 a 2017. Membro do Partido Conservador, ela foi foi Membro do Parlamento (MP) por Witham desde 2010. Sendo assim, ela está ideologicamente na ala direita do Partido Conservador e se considera uma adepta de Thatcher.

Patel nasceu em Londres em uma família de Uganda-Índia. Ela foi educada na Keele University e na University of Essex. Patel foi inspirada a se envolver na política na época de Margaret Thatcher. Portanto, ela se envolveu com o Partido do Referendo. Isto, antes de mudar de aliança para os Conservadores.

Posteriormente, Patel trabalhou para a empresa de consultoria de relações públicas Weber Shandwick. Portanto, Patel trabalhou nela por vários anos antes de buscar uma carreira política. Ela não teve sucesso Nottingham North nas eleições gerais de 2005. Mesmo assim, o novo líder conservador David Cameron recomendou Patel para a “Lista A”. Ela foi eleita parlamentar para Witham. Uma nova cadeira em Essex, nas eleições gerais de 2010. Bem sucedida, Patel portanto foi reeleita nos anos de 2015, 2017 e 2019. No governo de Cameron, Patel foi nomeada Ministra de Estado do Emprego e vice-presidente dos Conservadores Amigos de Israel. Priti Sushil Patel chamou a atenção por suas posições socialmente conservadoras.

Priti Sushil Patel: Hamas é organização terrorista

Sendo assim, como eurocética de longa data, Patel tornou-se uma figura importante na campanha do Brexit. Apoiando o referendo de 2016 sobre a retirada do Reino Unido da União Europeia. Após a renúncia de Cameron, Patel apoiou a oferta de Theresa May para se tornar líder conservadora. Em seguida, Theresa May nomeou Patel como secretária de Estado para o Desenvolvimento Internacional. Em 2017, Patel se envolveu em um escândalo político envolvendo reuniões não autorizadas com o Governo de Israel. As reuniões teriam violado o Código Ministerial, sendo assim, teve que encerrar seu mandato como Secretária de Desenvolvimento Internacional. Posteriormente, sob a liderança de Boris Johnson, ela se tornou secretária do Interior em julho de 2019, que exerce até o dia de hoje.

A despeito de mais de 40 anos lutando para que as nações européias declararem que o que o Hamas é organização terrorista. Finalmente este dia chegou, pelo menos para a Grã-Bretanha, graças a uma aliada do Estado de Israel. Portanto, esta decisão é muito importante para Israel. Podendo levar outros países a fazerem o mesmo.

Fonte: YnetNews. Foto: CommonMedia. Ilustração: Miguel Nicolaevsky e PixaBay