Shin Bet e IDF se preparam para revoltas em presídios de alta segurança

Após o cancelamento de diversas regalias que eram permitidas aos prisioneiros palestinos nas prisões de alta segurança para terroristas, o Shin Bet e IDF se preparam para possíveis revoltas após a divulgação de ameaças.

Quando servi ao exército no começo da primeira década de 2000, tive a oportunidade de fazer turnos de guarda na prisão de alta-segurança em Megiddo, uma das mais populosas de terroristas. Naquela época fiquei impressionado como os palestinos produziam dentro da cadeia, com a autorização de Israel, pão fresco, enquanto os soldados e segurança recebiam pão de baixa qualidade, vindo de fora da cadeia, os mais baratos vendidos nos mercados. Em certos aspectos, a qualidade de vida dos prisioneiros dentro da cadeia era bem melhor que a dos jovens soldados que guardavam estes monstros.

Com a nova mudança de governo, este serviço ficou debaixo do ministério de segurança interno cujo ministro é Itamar Ben Gevir, que já havia se mostrado a favor de uma mudança nesta situação. Em Israel alertaram para que uma mudança no status de regalias viesse levar os terroristas a protestos e revoltas. Por enquanto nada aconteceu, mas o Shin Bet e a IDF já anunciaram que se preparam para revoltas em presídios de alta segurança em todo pais.

Fonte: IsraelHayom