Terrorista palestina de 28 anos morta em tentativa de atentado

Uma terrorista palestina de 28 anos do campo de refugiados de Aqaba Jaber, na Autoridade Palestina, veio da direção dos territórios para o posto de controle Qalandiya, correu para os soldados da fronteira e guardas de segurança com uma faca – e foi neutralizada.

Qalandiya é o principal posto de controle entre o norte da Cisjordânia e Jerusalém. O posto de controle é usado pelos militares israelenses para controlar o acesso palestino a Jerusalém Oriental e a Israel. Israel exige que os palestinos tenham permissão para passar pelo posto de controle para Jerusalém Oriental e Israel para seu trabalho, cuidados médicos, educação ou por motivos religiosos. É um dos lugares preferidos pelos terroristas pra realizarem atentados contra os soldados das Forças de Defesa de Israel.

Segundo a polícia, a terrorista correu contra as forças estacionadas no local com uma faca. Um segurança civil que reconheceu o que estava acontecendo a chamou para parar várias vezes. A terrorista continuou em direção às forças enquanto cantava. O segurança então disparou várias balas contra a terrorista e a neutralizou.

A terrorista que foi morta, fazia parte do Hamas. Um sapador da polícia foi chamado ao local. As forças médicas determinaram que o terrorista estava morta.

Foto acima: Passagem de Qalandiya, local do atentado, Common Media