Terrorista palestina morta durante atentado em Jerusalém

Esta manhã, uma terrorista árabe chegou ao portão das correntes na cidade velha, que dá entrada para o Monte do Templo, onde tentou esfaquear os policiais israelenses com uma faca afiada. A suspeita foi morta no local pelos policiais que não ficaram feridos no incidente.

A mulher, Asra Hazimia, 30, da cidade de Qabatiya, perto de Jenin, foi morta a tiros pela polícia local. Além disso, ninguém se machucou. Após a tentativa de ataque, os portões de al-Aqsa foram fechados.

O comandante do distrito de Jerusalém, Superintendente Doron Turgeman, chegou ao local e fez uma avaliação inicial. A polícia está investigando se havia alguma pessoa que teria ajudado a terrorista e iniciou buscas e operações de inteligência.