Terroristas árabes israelenses irão a julgamento

Terroristas árabes israelenses – Dois meses após os incidentes graves de vandalismo e terrorismo em diversas cidades de Israel, durante o período da operação militar em Gaza, a promotoria apresentou hoje a acusação contra mais um grupo de árabes israelenses terroristas envolvidos nos casos.

A declaração de um promotor antes do ajuizamento de uma acusação foi feita contra oito residentes de Lod suspeitos de jogar coquetéis molotov em uma residência judaica na cidade em 28 de maio, após o fim da Operação Wall Guard, causando danos a dois apartamentos. Não houve vítimas no incidente.

A investigação revelou que os suspeitos amarraram cinco coquetéis molotov para intensificar a combustão e causar danos mais significativos à propriedade ou à vida. “Este é um ataque diferente em suas características de outros ataques realizados durante os distúrbios de maio. No contexto da atmosfera tensa que prevalecia na cidade naquela época”, disse o GSS.