Tudo que você precisa saber para entrar em Israel em tempo de COVID-19

Informação oficial sobre os que desejam entrar em Israel, não importando ou não se já tomaram qualquer tipo de vacina. Este texto foi traduzido para você, os links para os formulários a serem preenchidos estão em inglês, mas pode mudar para o espanhol se você entender melhor este idioma. Leia com atenção e boa viagem.

Devido às altas taxas globais de infecção e à disseminação de variantes preocupantes, todos os passageiros que visitarem um destino com maior risco de COVID-19 no período de 14 dias antes de sua chegada em Israel devem entrar em isolamento, incluindo indivíduos recuperados e vacinados. Esta restrição não se aplica a passageiros vacinados ou recuperados que transitam por esses destinos e permanecem 12 horas ou menos na área de trânsito do aeroporto. Os estrangeiros que chegam desses destinos devem entrar em isolamento em uma acomodação (hotel) alocada pelo Estado de Israel.

A partir de 1.6.2021, todos os passageiros internacionais que chegam devem pagar pelos testes COVID-19 (PCR) necessários para a entrada em Israel. Você pode fazer o pagamento no Aeroporto Internacional Ben Gurion ou depois de enviar o formulário de declaração antes de viajar para Israel. O pagamento adiantado tem um preço reduzido.

Antes da viagem aérea

  • Todos os passageiros que chegarem a Israel com itinerário de 72 horas ou mais devem apresentar um resultado negativo do teste PCR COVID-19 ao pessoal da companhia aérea. O teste deve ser feito dentro de 72 horas antes da hora programada de partida para Israel. Este requisito se aplica também a pessoas com certificado de vacinação ou certificado de recuperação. A entrada em Israel depende do cumprimento deste requisito.
  • Os passageiros que chegam a Israel que não podem fazer um teste PCR nas 72 horas antes da partida para Israel por motivos humanitários ou necessidades pessoais especiais, ou se for fisicamente impossível obter acesso ao teste PCR no local de onde estão voando, podem se inscrever Comitê de Exceções.
  • Todos os passageiros (cidadãos israelenses e estrangeiros), incluindo passageiros vacinados e recuperados, que chegam a Israel devem apresentar uma declaração de entrada. No formulário de declaração, o passageiro deverá preencher seus dados pessoais, o endereço do alojamento onde irá se isolar e uma declaração de saúde. O formulário de declaração deve ser preenchido dentro de 24 horas antes do horário de partida programado para Israel, de preferência o mais próximo possível do horário de partida. Recomendamos chegar ao aeroporto com a liberação e o formulário preenchido que pode ser um arquivo digital ou impresso. Os passageiros que devem se isolar devem usar este formulário para relatar o endereço de isolamento.
  • Após o preenchimento do formulário, você poderá efetuar o pagamento antecipado dos testes COVID-19 (PCR). O pagamento adiantado é de 80 NIS por pessoa; o preço no aeroporto é de 100 NIS.
  • Aqueles que possuem um certificado válido de vacinação ou recuperação do Ministério da Saúde de Israel não são obrigados a entrar em isolamento na chegada, se não chegarem dos locais especificados acima.
  • Se você não for vacinado ou recuperado, terá que se isolar e cumprir os requisitos e orientações de isolamento.
  • Informações sobre isenção de isolamento para pessoas que se recuperaram ou foram vacinadas no exterior.
  • Os estrangeiros devem ter uma autorização de entrada certificada pela Autoridade de População e Imigração.
  • Imprima a liberação e leve-a com você ao aeroporto para apresentá-la aos funcionários. Mantenha a liberação até a chegada em Israel (após a verificação do controle de fronteira).
  • Os passageiros devem apresentar os resultados do teste PCR ao pessoal da companhia aérea, aos funcionários da Autoridade de Imigração e População e aos funcionários do Ministério da Saúde no aeroporto. Observe que o embarque será negado para casos confirmados de COVID-19.

O resultado negativo do teste PCR, que você deve apresentar antes do embarque, deve ser em inglês com o número do passaporte da pessoa testada.

Orientação antes, durante e depois da viagem aérea

  • Os passageiros devem usar uma máscara que cubra o nariz e a boca no aeroporto (a partir de 7 anos) e a bordo da aeronave (a partir de 6 anos).
  • Os passageiros devem ficar a pelo menos 2 metros de pessoas que não sejam membros da mesma família.
  • Os passageiros devem praticar a higiene, que inclui lavar as mãos com desinfetantes.
  • Na chegada a Israel, todos os passageiros que chegam devem fazer um teste de PCR COVID-19 por conta própria.

Transit (voos de conexão)

Os passageiros que chegam a Israel em um voo de conexão devem fazer um teste PCR dentro de 72 horas antes do horário do primeiro voo se permanecerem no exterior por mais de 72 horas e se houver intervalo de tempo entre o primeiro voo e o voo que chega em Israel é menos de 24 horas.

Estrangeiros que apresentam sintomas durante sua estada em Israel

Os estrangeiros que apresentarem sintomas relacionados ao COVID-19 devem entrar em contato com a Linha direta de serviços médicos de emergência do MDA pelo telefone 101 ou pela linha direta do Ministério da Saúde pelo telefone * 5400 para obter aconselhamento.

Tenha um bom voo!

2 comentários em “Tudo que você precisa saber para entrar em Israel em tempo de COVID-19”

    • Nunca precisou emitir visto antes. Ele é emitido quando se chega no aeroporto e se apresenta reserva de hotel ou endereço de permanência.

Os comentários estão encerrado.