Washington pede investigação de destruição de lápides por judeus no Monte Sião

Os Estados Unidos exigiram hoje (sexta-feira) que Israel investigue o incidente de profanação de lápides no cemitério cristão no Monte Sião, e instou-o a “assumir a responsabilidade” pelo que está acontecendo na capital.

A Embaixada Americana em Israel republicou esta manhã em sua conta no Twitter a mensagem do “Escritório Americano de Assuntos Palestinos” de ontem, após o vídeo em que judeus são vistos quebrando lápides no cemitério.

“Estamos preocupados em ver que o local sagrado do Monte Sião voltou a ser um alvo. Conversamos com as igrejas e solicitamos de Israel, a Autoridade Palestina por seus apelos para assumir responsabilidades. Vandalizar locais religiosos não é aceitável. Jerusalém deve ser uma cidade para todos os seus residentes.’

Deixe um comentário