Yair Netanyahu, filho de ex-Primeiro Ministro, pagará indenização por difamação

O Tribunal de Magistrados de Tel Aviv rejeitou o pedido de Yair Netanyahu para anular o veredicto contra ele em um processo de difamação movido contra ele por Avi Alkalay, um ex-advogado de Walla. Ele alegou que não recebeu a declaração de reivindicação. Netanyahu será obrigado a compensar Alkalay com NIS 250.000 shekels em torno de 390.000 reais.

Além disso, o juiz determinou que a reclamação foi transferida legalmente a ele e até mesmo impôs-lhe custas judiciais no valor de NIS 29.250 shekels, algo em torno 45 mil reais.