2ª Parashá נה – Noach ou, DESCANSO

pelo Rav J. Pietro B. Nardella Dellova

Sinagoga Sêh HaElohim-Scuola

* O texto da Parashá é: Bereshit “Gên” 6 a 11;
* Os textos para Haftará são: Tehilim (Salmos) 87; Yeshayahu (Isaias) 11: 1-10; 49: 17; 56: 1-8;

OS ASPECTOS DESTA PARASHÁ SÃO:

1. corrupção do gênero humano, MAS Noach era justo e íntegro!

2. violência como conseqüência de um opção
3. Noach נה e a Fidelidade: Noach encontra graça aos olhos do Eterno
4. Águas do dilúvio e a primeira T'VILÁ purificatória (imersão: fundamentos judaicos)
5. O primeiro sacrifício depois do Dilúvio (Gen. 8:20)
6. As Leis noéticas para todos os homens (Gên. 9)
7. A Torre de Babel e a confusão: ietzer hatov e ietzer hara

8. Can, Jafé e Shem: os africanos, os orientais e os semíticos

9. Shem e Melkizedek: a mesma pessoa

10. a ação de Noach para “fertilizar” a terra e a proteção da Arca

11. Noach e Mashiach: identificação

12. A Arca noética e o Aron Kodesh

13. Noach e Moshè: Torá oral e Torá escrita

14. A terra e os Céus: equívoco da doutrina de paraíso celeste

15. A pomba de Noach e a Ruach HaKodesh: identificação e oportunidade

Nas bênçãos do Eterno e na Luz do Mashiach

5 novembre 2004 – 21 Cheshvan 5765

Preparada originalmente para os membros da Sinagoga Sêh HaElohim e oferecida aos leitores do CafeTorah.

Os Aspectos desta Parashá são estudados a cada novo Ciclo das Parashiot, durante o Oficío da Tarde do Shabat (Minchá) na Sinagoga Sêh HaElohim, SP.

© Rav J. Pietro B. Nardella Dellova, 43, Mestre em Direito pela USP (A Crise Sacrificial do Direito: um estudo de René Girard, Martin Buber e do Rabi Yeshua). Mestre em Ciências da Religião pela PUC/SP (A Palavra “Torá” Como Construção do Sagrado: um estudo à partir da Torá e da Poesia de Heidegger e Osman Lins). Pós-graduado em Direito Civil (Os Direitos da Personalidade). Pós-graduado em Literatura Brasileira (A Palavra Multifacetada: do grau zero e outros graus da palavra). Formado em Filosofia e em Direito. Poeta e Membro da União Brasileira de Escritores – UBE. Autor dos livros: AMO, NO PEITO e ADSUM, além de, co-participação em FIO DE ARIADNE. Ex-membro da Comissão de Bioética e Biodireito da OAB/SP. Darsham (predicatore) e Rav (Mestre) da Sinagoga Sêh HaElohim desde 1986 (originada da Sinagoga Scuola (Beit Midrash), Lazio, Itália). Membro ativo da Ordem dos Advogados do Brasil e da Associação dos Advogados de São Paulo. Consultor e Palestrista. Professor de Direito Civil, Ética e Filosofia do Direito em São Paulo. Coordenador dos Cursos de Pós-Graduação em Direito Empresarial e Judaismo: Direito, Torá e Cultura, das Faculdades FAJ e POLICAMP. Coordenador dos Cursos de Direito da Faculdade de Jaguariúna e da Faculdade Policamp, em SP.

veja outros textos em:
www.cafetorah.com (páginas de judaismo messiânico e sabedoria judaica)

veja outros textos em:
www.faj.br/artigos.phpwww.policamp.edu.br/artigos.html

e-mail para contato:
[email protected]

[email protected]

VERSÕES DAS ESCRITURAS SAGRADAS RECOMENDADAS PARA O ESTUDO:

1.TORÁ (Bibbia Ebraica), a cura di Rav Dario Disegni (Pentateuco e Haftaroth). Firenze: Editrice La Giuntina, 1998;

2.NEVI’IM (Bibbia Ebraica) a cura di Rav Dario Disegni (Profeti Anteriori). Firenze: Editrice La Giuntina, 2003;

3.NEVI’IM (Bibbia Ebraica) a cura di Rav Dario Disegni (Profeti Posteriori). Firenze: Editrice La Giuntina, 2003;

4.KETUVIM (Bibbia Ebraica), a cura di Rav Dario Disegni (Agiografi). Firenze: Editrice La Giuntina, 2002;

5.CHUMASH com comentários de RASHI (Rabbi Shlomo Bem Itzhak): Bereshit, Shemot, Vayicrá, Bemidbar e Devarim. São Paulo: Trejger, 1993;

6.A TORÁ VIVA. Por Rabino Aryeh Kaplan, trad. Adolpho Wasserman. São Paulo: Maayanot, 2001;

7.LA SACRA BIBBIA. Traduzione di Giovanni Diodati. Roma: 1912;

8.BÍBLIA HEBRAICA. Trad. Editora Sêfer

9.A BÍBLIA SAGRADA. Traduzida por João Ferreira de Almeida REVISTA E ATUALIZADA NO BRASIL, 2ª edição. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 2003;