A 16ª Parashá בשלח Beshalách ou, QUANDO ELE ENVIOU e sua Mitzvá

por Rav J. Pietro B. Nardella-Dellova, darsham
da Sinagoga Sêh HaElohim/Scuola

* O Texto desta Parashá é: Shemot (Êx): 13:17 até 17:16
* O Texto para Haftará é: Juízes 4:4 até 5:31

OS ASPECTOS DESTA PARASHÁ SÃO:

• A saída do Egito e os restos de Yossef – 13: 17 e ss;
• Os egípcios perseguem – 14:1 e ss;
• O Mar, os egípcios e o bordão de Moshè – 14: 15 e ss;
• A passagem pelo Mar durante a noite toda – 14: 20;
• A queda dos egípcios – 14: 26 e ss;
• O Cãntico de Moshè e dos Israelitas – 15: 1 e ss;
• O Cântico de Miriam, irmã de Moshè de Aarão – 15:20 e ss
• As águas amargas – 15: 22 e ss;
• Elim e Sin – 15: 27 e 16: 1 e ss;
• Promessa de alimento – maná – 16: 4 e ss;
• O Maná e a experiência do Shabat – 16: 11 e ss;
• A violação do Shabat – 16: 28 e ss;
• A água da rocha – 17 : 1 e ss;
• AMALEK – 17: 8 e ss;
• Yehoshua (Josué) luta contra os amalequitas – 17: 10
• Aarão e C’hur erguem e sustentam as mãos de Moshè – 17: 12
• A condição de guerra constante a Amalek – 17: 14 e ss;

MITZVÁ DESTA PARASHÁ: Beshalach

Mitzvá 321/negativa: No sétimo dia (Shabat) não se deve ultrapassar os limites dos lugares designados – Shemot 16:29;

Preparada em 31 marzo 2005 – 20 Adar II 5765, para Sinagoga Sêh HaElohim e disponibilizada para leitores do CafeTorah em 11 febbraio, 2006 – 13 Shevat, 5766

Nas bênçãos do Eterno e na luz do Mashiach

Rav J. Pietro B. Nardella Dellova

da Sinagoga Sêh HaElohim/Scuola