Corazin, uma cidade judaica do primeiro século

Corazin ou Corazim conforme descrita nos evangelhos é uma das cidades onde Jesus fez mais milagres, e justamente por causa da dureza de seus corações, o Messias profetizou contra elas.

A cidade de Corazin teve, segundo as pesquisas arqueológicas atuais, seus primeiros dias no primeiro século da era cristã, sendo que é comum, nesta região, terem sido estas cidades construídas no lugar de outros que eram bem menores e mais antigas.

As ruínas de Corazin aparentemente pequenas, incluye uma área todas de 100.000 metros quadrados, o que em proporções da antiguidade é bem grande. Na cidade foram feitas descobertas arqueológicas de extrema importância em termos de arqueologia bíblica.

A sinagoga atual que p ode ser vista no local é uma reforma do século VI da era cristã em cima da antiga sinagoga do século III EC. E, em bem provável que a sinagoga do século III EC. também tenha sido construída em cima de uma sinagoga do primeiro século, aquela que Jesus provavelmente pregou e realizou milagres.

‏””אוֹי לָךְ כּוֹרָזִין! אוֹי לָךְ בֵּית צַיְדָה! כִּי אִלּוּ נַעֲשׂוּ בְּצוֹר וּבְצִידוֹן הַפְּלָאוֹת שֶׁנַּעֲשׂוּ בְּתוֹכְכֶן, הֲרֵי מִכְּבָר הָיוּ חוֹזְרוֹת בִּתְשׁוּבָה בְּשַׂק וָאֵפֶר.“‎

Mateus 11:21 MHNT

“Ai de ti, Corazin! ai de ti, Betsaida! porque, se em Tiro e em Sidom, se tivessem operado os milagres que em vós se operaram, há muito elas se teriam arrependido em cilício e em cinza.”

Mateus 11:21 ALMEIDA

Em suas expedições à Terra Santa no século XIX, Edward Robinson perguntou aos moradores locais sobre o paradeiro de um local correspondente à descrição de Corazin, mas ninguém reconhecia o nome ou poderia fornecer qualquer informação. Entre 1962-1964 foram realizadas extensas escavações que foram retomadas em 1980-1987.

A maioria das estruturas são feitas de basalto preto, uma rocha vulcânica encontrada facilmente no local. O assentamento principal data dos séculos 3 e 4 EC. Um mikveh, ou banho ritual, também foi encontrado no local. Diversas prensas de oliveira foram descobertas, eram utilizadas para a extração de azeite.

A grande e impressionante sinagoga, que foi construída com pedras de basalto preto e decorado com motivos judaicos é um dos remanescentes mais impressionante. Ao lado há um banho ritual, cercado por edifícios públicos e residenciais. Em 1926, os arqueólogos descobriram o “Trono de Moisés”, esculpido em um bloco de basalto. De acordo com o Novo Testamento, este é o lugar onde o leitor da Torá se assentava (Mateus 23: 1-3).

“Então falou Jesus às multidões e aos seus discípulos, dizendo: Na cadeira de Moisés se assentam os escribas e fariseus. Portanto, tudo o que vos disserem, isso fazei e observai; mas não façais conforme as suas obras; porque dizem e não praticam.”

Mateus 23:1–3 ALMEIDA

 corazin-sinagoga-cafetorah