Introdução a Cultura de Israel

Fonte: Ministério do Exterior de Israel

…não somente de pão vive o homem… (Deuteronômio 8:3)

Israel é um país novo e antigo, pequeno em tamanho, mas dotado de topografia variada e com uma população heterogênea e culturalmente ativa de mais de 5,5 milhões de habitantes. É o lugar onde o Oriente se encontra com o Ocidente, e o passado e o presente se tocam; e onde os estilos de vida são moldados por ideologias. Quatro mil anos de tradição judaica, mais de um século de sionismo, a reunião dos exilados e quase cinco décadas de existência como estado moderno contribuíram para a formação de uma cultura que já criou sua própria identidade, embora preservando a singularidade das 70 comunidades que a compõem. A cultura israelense é o resultado do encontro entre o indivíduo e a sociedade, um amálgama de tradição e inovação e busca um meio-termo entre o especificamente israelense e o universal.

Sendo uma sociedade constituída sobretudo de imigrantes e de nativos de segunda geração, a expressão criativa do país absorveu inúmeras e diversas influências culturais e sociais; as tradições de cada grupo rivalizam-se umas com as outras, ao mesmo tempo que se confrontam com a história recente do país e a vida no contexto do Oriente Médio. A constante busca de uma identidade cultural se expressa através da criatividade numa ampla gama de expressões artísticas, apreciadas e usufruídas pela maioria da população em seu dia-a-dia.

Os laços culturais internacionais de Israel abrangem a cooperação em inúmeros campos, como língua, literatura, artes, ciência, mídia e esportes. Com base em acordos bilaterais com mais de 70 países, além de ligações com muitos outros, as atividades vão desde programas de intercâmbio acadêmico e de estudantes, turnês recíprocas de grupos de dança, de companhias de teatro, de músicos e orquestras, de exposições de arte, à participação em feiras de livros, festivais de cinema e competições esportivas, assim com o ensino recíproco da língua e das tradições culturais de ambos os países.

ARIEL Ariel é a principal revista cultural de Israel. Publicada desde 1962, dá ampla cobertura a todos os campos artísticos e literários de Israel – prosa e poesia, cinema, dança, pintura e escultura, música, arqueologia, arquitetura e crítica literária. Entre seus colaboradores encontra-se a vanguarda das artes e letras de Israel, assim como do mundo acadêmico.

Ariel aparece trimestralmente, com edições em alemão, árabe, espanhol, francês, inglês e russo. Os leitores desejosos de manter-se a par do que está ocorrendo na cena cultural de Israel encontrarão nela valiosa fonte de informação. Os interessados em ser assinantes da publicação devem dirigir-se às missões diplomáticas israelenses no exterior.