Programa Odisséia Cristã, Fortaleza de Belvoir – Kochav HaYarden

Em nossa jornada seguimos para mostrar para vocês a incrível fortaleza dos cruzados mais conservada em Israel e  com uma vista deslumbrante para o Vale do Jordão e as montanhas de Gileade na Jordânia.

Hoje esta fortaleza medieval construído no estilo das fortalezas francesas e em forma quadrangular, é parte do Parque Nacional de Belvoir, localizado no Planalto leste de Issacar na borda de uma encosta íngreme acima do vale do Jordão. Seu panorama espetacular deu o seu nome fortaleza – Belvoir significa ‘Bela Vista’ em Françês.

Os Cruzados adquiriram a propriedade da fortaleza em torno de 1140, durante o reinado de Fulk d’Anjou (1131-1142). Em 1168, os Cavaleiros Hospitalários eles começaram a construir no terreno e fizeram dele uma das fortalezas mais importantes do país, com vista para o Vale do Jordão e da córrego do Tabor para a planície costeira e a Via Maris (Caminho do Maris).

Belvoir resistiu as forças de Saladino em 187-1189, um período relativamente longo para as conquistas do renomado conquistador. Somente após um cerco longo de um ano e meio, depois que o resto do Reino Cruzado tinha sido vencido, os defensores finalmente concordaram em se render, com boas condições e passar para Tiro, que ainda estava nas mãos dos cruzados.

A fortaleza foi em parte reconstruída, e é a mais completa fortaleza dos cruzados no país e a única que já foi completamente escavada.

Em  Belvoir pode-se ver ali um fosso com mais de 20 metros de largura, 12 metros de profundidade em torno da fortaleza pentagonal(externa), que envolve a torre da fortaleza (torre de menagem).

Nos cantos haviam torres de poderosas que acabaram por serem demolidas.

Nos jardins podem ser vistas esculturas de arte moderna do artista israelense Yigael Tumarkin que estão em exibição ao sul da fortaleza.

No norte da fortaleza existe uma estação de alimentação para aves de rapina, que ajuda a manter a população do abutre Griffon que vive na região.

Acima, vista do Vale do Jordão desde a Fortaleza dos Cruzados e no topo a esquerda, pode se ver em dias de boa visibilidade, o Mar da Galiléia

Abaixo, pode-se ter uma vista fenomenal da região central do Vale do Jordão e ao fundo as montanhas de Gilead na Jordânia.

Sem dúvida alguma, este é o sítio arqueológico incrível e que revela muito sobre a presença dos cruzados na região de Israel, uma visita ao local permite-nos a ver uma Terra de Israel pouco vista pela grande maioria dos turistas e peregrinos, não perca esta oportunidade.

COMO CHEGAR

A partir da estrada 90 Tiberíades-Bet Shean, ao norte de Bet Shean, peque a estrada 717 e siga cerca de 15 km.

Horários

Abril-Setembro: 8:00-17:00 – Outubro-Março: 8:00-16:00 Última entrada uma hora antes da hora acima
Tel. 04-658-1766

Entrada: Adultos: 22 shekels. Crianças: 9 shekels

Idoso israelense: 50% de desconto

Camping noturno: 40 shekels por adulto; 30 por criança