Tel Kinneret – PROGRAMA A BÍBLIA VIVA

Em nosso capítulo do PROGRAMA A BÍBLIA VIVA em Tel Kinneret ou Tel Kinnerot temos o imenso prazer de trazer a vocês os detalhes desta cidade bíblica que ficaram sepultados por cerca de 2500 anos mas que nas última décadas algumas expedições arqueológicas puderam nos revelar um pouquinho sobre este lugar incrível.

Tel Kinnerot / Tell el-‘Oreimeh foi identificado com a cidade bíblica de Kinneret por Gustaf Dalman já em 1921 e por William Foxwell Albright em 1923. A identificação foi baseada no fato de que Tel Kinnerot / Tell el-‘Oreimeh é o único grande e fortificado sítio arqueológico na margem ocidental do Lago Kinneret, o Mar da Galiléia da idade do ferro e da idade de bronze.

Embora o termo Kinneret (ou Kinrot / Kinnerot) apareça várias vezes na Bíblia, apenas um único relato se refere a uma cidade, ou seja, na “lista de cidades fortificadas” em Josué 19:35. Em outras passagens, Kinneret se refere ao Mar da Galiléia (yam Kinneret em Números 34:11, Deuteronômio 3:17, Josué 11: 2, 12: 3, 13:27) ou uma região (kol Kinnerot em 1Rs 15:20 ). Além da Bíblia, Kinneret também é mencionada em fontes egípcias muito mais antigas, uma delas é na lista de cidades canaanéias conquistadas por Thutmoses III (1490-1436 aC) que foi descoberto em Papyrus um em Karnak que é datado da 18a dinastia do Egito(Münger, 2012).

As primeiras explorações em Tel Kinrot foram realizadas por Paul Karge em 1911 e se concentraram principalmente no indícios pré-históricos da cidade. As primeiras escavações foram realizadas por Robert Köppel em 1932 e 1939. Apenas poucos resultados foram publicados. Na década de 1950, os arqueólogos israelenses Gershon Edelstein e Bezalel Rabbani examinaram vestígios arqueológicos da região para ad futuras instalações da estação de bombeamento de água do Mar da Galiléia pela empresa Mekorot, em vários pontos ao pé da colina (Fritz, 1978).

tel-kinnerot-programa-a-biblia-viva-cafetorah-miguel-nicolaevsky-3

Outros trabalhos arqueológicos foram realizados nos anos 80 por Shan MM Winn da Universidade do Sul do Mississippi e por Jack Yakar da Universidade de Tel Aviv, que cortaram uma pequena e profunda vala de exploração bem perto da costa do Mar da Galiléia, e obtiveram sucesso procurando evidências de uma cidade da idade do Bronze precoce (Winn e Yakar, 1984). No entanto, foi Volkmar Fritz da Universidade de Mainz / Giessen, na Alemanha quem dirigiu as primeiras escavações sistemáticas e contínuas em várias campanhas entre 1982 e 1985 no alto da colina onde ele identificou uma “Acropolis” de 1995-1999 e novamente em 2001 na rampa mais abaixo no lado sudeste da colina (Fritz e Münger, 2002). Desde 2002, o “Projecto Regional Kinneret” – um consórcio internacional das Universidades de Berna na Suíça, Helsinque na Finlândia, Mainz na Alemanha e Leiden da Holanda, dirigidos por Stefan Münger, Juha Pakkala e Jürgen Zangenberg – e continua por Volkmar Fritz Em Tel Kinnerot e na região mais larga ao redor dali (Pakkala, Münger e Zangenberg, 2004).

tel-kinnerot-programa-a-biblia-viva-cafetorah-miguel-nicolaevsky-4Histórico de Tel Kinneret e resumo dos resultados das escavações arqueológicas.

Nas fases mais atestadas da ocupação antiga, a maior parte da habitação se estendida sobre todo a colina chama de Tel Kinnerot. Somente no período da Idade do Ferro II (estratos I-III, escavados em 1982-1985) parece que a habitação do local foi reduzida à Acrópole e à vizinhança imediata, enquanto os vestígios encontrados na encosta sudeste desde 1994 datam de vários períodos da Idade do Ferro Idade I e Idade do Bronze (Estratos IV-X). Alguns restos dispersos de vários períodos pós-datação do Estrato IV foram expostos na encosta também.

Os arqueólogos encontraram, entre outras palavras e simplificando, fortes indícios de que Tel Kinnerot foi habitada exatamente como descrita no relato bíblico, durante os períodos Cananeu e Israelita, sendo que chegou ao auge no período de ferro que é considerado o período Israelita e no fina deste período declinou.

Com o retorno dos Judeus para Sião, durante o período Persa, houve uma tentativa de re-construir o vilarejo, porém, por algum motivo, fracassaram, e como muitos outros assentamentos, Tel Kinnerot também foi abandonada, e é bem provável que seus moradores se transferiram para a cidade vizinha de Cafarnaum, um local muito mais apropriado para expansão urbana e o desenvolvimento econômico.

tel-kinnerot-programa-a-biblia-viva-cafetorah-miguel-nicolaevsky-5

Tel Kinnerot ou Tel Kinneret está muito bem localizada na margem norte do Mar da Galiléia e sua posição no alto da colina forma uma posição bem estratégica e perfeita para sua defesa, ela está exatamente no caminho entre as terras de Israel e a a Assíria na antiguidade, daí a sua importância. Jesus e os discípulos provavelmente passaram muitas vezes por este caminho e realizaram ali muitos milagres.

Ref. Site do Projeto de Expedição de Tel Kinnerot

tel-kinnerot-programa-a-biblia-viva-cafetorah-miguel-nicolaevsky-2

Os comentários estão encerrado.